sexta-feira, 3 de maio de 2002

As Pessoa

Romper é preciso. Renovar, recriar. Sair das regras, para contestar.

Nesse espírito contestador, As Pessoa usa a limitação vocabular e ortográfica que abundava em volta de seu autor, e contesta as condições de vida da maioria da população que, naquela época, passava fome e não tinha qualquer acesso à saúde ou à educação.

Agora, o poema está à disposição no Literatura Errante. No Verso Errante.